• Thais Moura

Mindfulness: focando no aqui e agora



Trabalhar, estudar, pagar contas, fazer exercícios, comer bem, acompanhar o noticiário, dormir oito horas, cuidar da família e ainda ter #tempo pra você. Ufa! O cotidiano da vida ocidental no século XXI é o cenário perfeito para colocar qualquer um de cabeça pra baixo. Hoje sabemos que muitas doenças são consequências de rotinas estressantes e mentes deprimidas. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), 90% da população tem problemas de saúde relacionados ao estresse.


Dentre todas as terapias alternativas para combater o estresse, tenho me aprofundado – enquanto profissional e enquanto pessoa – na proposta da meditação #mindfulness. E vou explicar o porquê.


O cérebro humano e toda sua complexidade sempre me fascinaram. Quando comecei a me interessar por comportamento humano, me questionava se a fisiologia cerebral é que dita os padrões comportamentais, ou se é a nossa biografia que molda o funcionamento do cérebro. Ao aprimorar meus estudos em neurociências, aprendi que qualquer alteração comportamental, de humor ou de percepção, tem a sua marca #neurológica. Mas o oposto também acontece: o ambiente no qual estamos inseridos também é capaz de mudar nossos padrões cerebrais e alterar nosso estado mental.


Quando desenvolvemos o padrão de atividade cerebral da meditação, alcançamos e vivenciamos um estado de #consciência do momento presente de nossos pensamentos, sentimentos e sensações corporais sem julgamentos. Esse momento é chamado de Atenção Plena, pois estamos observando nosso fluxo de pensamentos e emoções sem agir imediatamente. Praticar mindfulness também nos ajuda a sair do modo piloto automático, e desenvolver consciência de nossas ações e reações em situações específicas, principalmente as que nos perturbam. Estar consciente no aqui e agora, e livre de julgamentos, nos permite ampliar nossa perspectiva e estarmos abertos à novas possibilidades. Com isso fortalecemos nossa inteligência emocional e autorregulação.


Com todas as demandas do dia a dia, nos habituamos aos estados de tensão e nos acostumamos aos altos níveis de adrenalina para nos sentirmos vivos. Desde os primórdios, o ser humano luta pela sua sobrevivência nas savanas africanas, seja fugindo ou matando um leão por dia. Na vida #moderna, são outros os “animais” que precisamos enfrentar para nos mantermos vivos – como já citamos no início. Herdamos de nossos antepassados o instinto de luta e fuga, e na #ansiedade de ter que gladiar com os desafios atuais para sobreviver, nos estressamos e adoecemos.


Precisamos aprender como desativar nossa resposta de luta e fuga, e ligarmos o modo de relaxamento para usufruir todos os benefícios da autoconsciência. Com mindfulness aprendemos através de exercícios de foco na respiração, a modificar nosso estado mental.


Muitas pessoas me dizem que não sabem meditar pois estão “pensando em muitas coisas”. Sempre respondo com uma boa notícia: no início é assim mesmo. Todas as vezes que sua mente viajar para outro lugar, você a traz de volta através da respiração.


É verdadeiramente um aprendizado sobre ter domínio de si mesmo. Começa com o seu corpo, se estende para sua mente, suas emoções e expande-se para a sua vida.

0 visualização

E-mail: contato@actusprofissional.com.br

Whatsapp: 27 99997-7750

Endereço: Rua Castelo Branco, n°680, Praia da Costa, Vila Velha.

CNPJ 04.082.372/0001-65

Criado por Organika Mídias - 2019

  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Facebook Ícone